Como usar o vermelho a favor do seu visual

A cor vermelha, se bem aplicada ao visual, incita um ar ousado e poderoso à mulher. É comum, no entanto, ver vários looks exagerados por aí. O vermelho é uma cor intensa, capaz de despertar a sensualidade de quem o usa corretamente. Para evitar que se transforme em uma catástrofe fashion, portanto, muitas vezes as peças nessa cor são deixadas de lado nas produções e o resultado pode ser uma roupa sem presença.

Como usar o vermelho a favor do seu visual

A primeira coisa a se fazer quando você decide usar uma peça ou acessório vermelho é encontrar o tom certo. Geralmente quem tem a pele mais rosada fica bem com os tons cereja e vinho, já quem tem a pele mais amarelada pode apostar nos tons mais alaranjados da cor. Para não errar, é bom provar duas peças ou passar na pele batons em dois tons diferentes e ver qual contrasta melhor. Encontrada a tonalidade certa, as dicas ficam simples!

O vermelho costuma remeter ao Navy – listras, âncoras, aquele conjunto marinheiro com tons de azul escuro, branco ou preto – mas não se limita a isso. Para looks casuais, combinar com cores mais fortes como laranja, azul-bic e pink, faz um color-blocking super charmoso. Você também pode dar destaque a uma parte do seu visual, por exemplo, se a cor for nos pés, opte por tons neutros para o resto do visual, como um cinza ou verde oliva (evitando os tons de verde muito vivos para não parecer uma fantasia natalina), um sapato vermelho é um ótimo jeito de se adicionar sofisticação a um visual do dia a dia, como uma bata e um jeans sequinho. E se você ainda tiver medo da cor, pode começar pelo burgundy – aquele vinho que esteve em alta no inverno – em alguns detalhes, ele além de estar em voga, traz sobriedade aos visuais.

Como usar o vermelho a favor do seu visual

O que deve ser evitado é usar vermelho com vermelho, como vestido e sapatos vermelhos, ou exagerar nos acessórios; uma bolsa, como esse ou este modelo Smartbag, e um batom ou um sapato já estão de bom tamanho para a composição. Evite ainda usar vermelho em roupas muito sugestivas, pois a cor por si já chama atenção suficiente.

Como usar o vermelho a favor do seu visual

Pronta para arrasar no vermelho, vermelhaço, vermelhusco, vermelhante, vermelhão?

Como usar calça com a barra dobradinha

Você sabia que usar calça com a barra dobradinha dá um ar moderno e descontraído aos seus looks? Pois é, esse visual, além de dispensar uma visita a costureira, é super charmoso e está sempre em alta! Apesar de ser um detalhe pequeno e básico, algumas dicas podem ajudar você a criar o melhor look, confira!
Com exceção da calça flare e outros modelos de “boca larga”, é possível dobrar a barra de qualquer de calça: skynny, reta, boyfriend e até mesmo moletons, couro e alfaiataria. A dica é fazer dobras finas ou médias, evitando dobrados grandes demais, que podem criar linhas horizontais muito marcadas e assim achatar a silhueta.Como usar calça com a barra dobradinha

Não se preocupe em dobrar a barra de um jeito muito preciso, afinal se ela ficar desarrumada vai acrescentar ainda mais descontração e liberdade ao visual. Mas se você preferir um look mais certinho prefira as calças mais justas e faça linhas finas cuidadosamente.

Como em qualquer tendência, o importante é primar pela harmonia, por isso, trabalhe bem as combinações, equilibrando peças largas com peças justas, ou peças masculinas com femininas.

Como usar calça com a barra dobradinha

Nesses looks, o sapato costuma ficar em evidência, mas nem por isso, escolher um modelo se torna um desafio. O calçado perfeito vai depender do estilo da calça, então você pode usar desde um tênis esportivo até um salto um salto de 15 centímetros! Aqui vale também a dica da harmonia: calças largas ficam melhores com sapatos mais delgados e delicados; enquanto calças sequinhas podem ser usadas com sapatos maiores, como a bota, por exemplo.

Como usar calça com a barra dobradinha

E você, o que achou das dicas? Deixe sua opinião nos comentários!

Guia da cintura marcada

Uma cintura marcada de forma correta deixa a silhueta melhor desenhada, dando um ar mais feminino, elegante e jovial a qualquer mulher. Os truques envolvem desde cintos, faixas, sobreposições, até calças de cintura altas ou roupas que já definam a cintura em seu recorte e modelagem. Se a cintura não for marcada de forma correta, a silhueta pode ser comprometida pelo acessório ou roupa escolhido. A dica é sempre adequar o acessório ao seu biotipo.

Quem for mais cheinha pode optar por cintos finos, que costumam cair bem para todo mundo. O truque é amarrar ele de um jeito diferente, escolher cores que coordenam o look ou buscar uma fivela diferente – mas que não chame muita atenção para região do abdômen e, claro, para você poder repetir ele mais vezes. As magrinhas podem marcar a cintura usando calças e saias de cintura alta ou uma roupa com um recorte mais acinturado. No entanto, deve-se evitar acessórios muito largos para não afinar demais a silhueta.

Cintos Smartbag

Agora, quem acha que não tem cintura ou que precisa afunilar mais a região, pode investir em terceiras peças com modelagem que definam o corpo, como casaquinhos com recorte moderno, vestidos transpassados e trench-coats; contrastar as peças de cima e de baixo para dar uma quebra no visual; usar blusas mais curtas ou simplesmente, prender a parte da frente de uma blusinha mais comprida ao cós da calça. Com o passar dos anos o corpo muda, é natural. As curvas diminuem, o corpo fica mais reto, mas isso não significa que você deve abrir mão da sua feminilidade. Re-molde seu estilo à medida que seu corpo é re-moldado, invista em peças que suavizem as novas formas e não abra mão de sentir-se bem consigo mesma.

Looks com vestido e cintura marcada

Mais looks para inspirar o seu!

Looks com cintura marcada

Fotos: Pinterest

Grávida e elegante: dicas de look para festa

O mais difícil na hora de escolher um vestido para festa quando se está grávida não deveria ser o corpo, mas a quantidade de opções, afinal estar grávida é sinônimo de beleza! Confira algumas dicas de vestidos de festas para grávidas!

É compreensível receio quanto às formas novas do corpo. Escolher um vestido com caimento certo pode parecer muito complicado, porém é importante não se colocar pra baixo nessa hora. O brilho natural toda gestante já tem.

Os vestidos soltinhos são bastante populares, entre eles os modelos com caimento logo abaixo do busto são os preferidos das futuras mamães, a dica é escolher um que dê para usar sutiã, pois os seios aumentam nessa fase. Mas se você preferir um modelo coladinho, que valoriza a barriga, o resultado também é incrível!

Grávida e elegante: dicas de look para festa

O comprimento deve ser delimitado pela ocasião, o cuidado a ser tomado com os longos é de não os deixar arrastando para não correr perigo de tropeçar e machucar o bebê. A regrinha de balancear o comprimento do vestido com a profundidade do decote também vale para as grávidas: seja mais discreta com um e mais ousada em outro.

Grávida e elegante: dicas de look para festa

Evite modelos estampados, especialmente se a estampa ficar esticada e deformada por causa do volume da barriga. Se quiser dar uma alegrada no seu visual, prefira tecidos coloridos, com detalhes em brilho ou lantejoulas.

Grávida e elegante: dicas de look para festa

O calçado deve priorizar o conforto da mulher. Nesta fase os pés costumam inchar e o cansaço ao ficar em pé é maior, o recomendado é evitar os saltos altos ou optar pelos de salto grosso que garantem melhor sustentação. Confira alguns modelos flats da Coleção Primavera-Verão 2015 Smartbag. 

O que achou das dicas? Deixe sua opinião nos comentários!

Combinar sapato com a bolsa: ainda é fashion ou caiu de vez?

Antigamente, era comum ver mulheres andando pelas ruas com conjuntos impecáveis de sapatos e bolsas – todos na mesma cor ou estampa! Já hoje em dia, a tendência é (des)combinar, ou seja, usar a bolsa de uma cor e o sapato de outra, fazendo uma brincadeira na hora de montar o look.

Apesar de aquele visual no estilo conjuntinho não ser mais tão usado, não significa que a combinação caiu de vez. Atualmente, a tendência é harmonizar os elementos, sem necessariamente padronizá-los. Para fazer isso as dicas são simples:

Combinar uma peça discreta com uma mais chamativa é a dica de ouro. Por exemplo, se você escolheu uma bolsa lisa pode ousar no sapato, utilizando uma estampa ou textura diferente.

Combinar sapato com a bolsa: ainda é fashion ou caiu de vez?

A melhor maneira de combinar uma cor e uma estampa é escolher sempre o tom predominante da estampa, para não carregar muito no visual. Quanto à união de duas peças lisas, saiba que os tons neutros conversam muito bem com cores chamativas como azul royal, rosa, roxo, laranja, amarelo.

Combinar sapato com a bolsa: ainda é fashion ou caiu de vez?

O jogo de tecidos também é interessante. Em uma ocasião informal, as bolsas florais ou em animal print caem muito bem com os sapatos mais discretos e simples. Já em uma ocasião formal, os tecidos como cetim, detalhes em pedrarias e metalizadas pedem um par mais discreto.

Na maioria dos looks, bolsa e sapato seguem um estilo único – romântico, clássico, boho etc – mas nada te impede de misturar referências, especialmente quando elas possuem semelhanças entre si.

Coloque cores no seu dia sem medo com essas dicas!

Jeans para sempre: dicas para usar esse tecido depois dos 40 anos

A calça jeans é uma verdadeira companheira no mundo da moda: ela nos acompanha desde a infância até a vida adulta, sendo sempre a garantia de um look prático e confortável! Apesar disso, quando chegam aos 40 anos, muitas mulheres abrem mão do jeans por acharem que a peça é jovem ou descontraída demais, ledo engano: a calça jeans é democrática, pode (e deve) ser usada por mulheres de qualquer idade!

Jeans para sempre: dicas para usar esse tecido depois dos 40 anos

É importante lembrar que o jeans é uma peça informal, nem mesmo as adolescentes usam essa peça em um evento de gala. O jeans pode sim compor looks mais produzidos, mas a dica é que ele fique restrito ao dia a dia e ambientes casuais.

Na hora de comprar um novo par de calças, prefira os modelos básicos, ajustadinhas e sem grandes detalhes. Aqui uma dica que vale para todas as mulheres, independente de idade: escolha um modelo que te deixe confortável! Nada de cair na pressão da vendedora e sair da loja com uma calça que não seja gostosa de usar ou que não combine com seu estilo.

Jeans para sempre: dicas para usar esse tecido depois dos 40 anos

A modelagem reta é a favorita das mulheres acima dos 40, e não é por menos: ela modela o corpo da medida certa, deixando o look charmoso e super confortável. A calça cropped – aquela com a barra dobradinha – também cai muito bem nessa faixa etária e segue a linha casual. Já para um look mais elegante, a calça flare é uma boa pedida.

O que você achou das dicas?

Conte para nós nos comentários!

Abram alas para as pérolas, as Queridinhas da estação

Juntamente com a moda do fundo do mar, as pérolas chegam para trazer beleza e elegância a qualquer produção. Mas não se engane lembrando-se daquelas clássicas pérolas que sua avó guardava em uma caixinha de joias musical: desta vez a tendência chega repaginada, pronta para inovar e iluminar os seus looks.

Brincos

Uma das primeiras mudanças que se nota são nos brincos de pérola, que chegam diferentes da clássica bolinha pequena. Um dos principais modelos lançados apresenta, inclusive, duas esferas diferentes: uma menor, que ficaria na parte da frente do lóbulo, e outra maior, encaixada na parte de trás da orelha. O modelo diferente já caiu nas graças das mulheres, e foi batizado de “Mise em Dior” ou simplesmente brinco duplo.

Abram alas para as pérolas, as Queridinhas da estação

Colares

Os colares também chegam diferentes, brincando com as formas mais do que mantendo o padrão. Em alguns casos, aparecem em uma gargantilha que passa por trás do pescoço e fecha na frente com duas grandes esferas peroladas. Em outros, podem aparecer em cordões mais longos e intercalados com outros tipos de aplicação, como ouro por exemplo.

Abram alas para as pérolas, as Queridinhas da estação

Pulseiras

Além das fabulosas maxi pulseiras de uma linha só, com grandes pérolas dignas de Wilma Flintstone, os modelos atuais de pulseira brincam também com texturas, aparecendo em versões grandes com mais de uma volta que podem até parecer um pouco embaralhadas, mas não deixam de agregar charme a qualquer produção.

Abram alas para as pérolas, as Queridinhas da estação

Você gostou desse revival das pérolas?

Conte para nós nos comentários!

Efeito cabelo molhado: como aderir a esta tendência?

O efeito “cabelo molhado” é um visual tendência, que veio diretamente do tapete vermelho para a temporada primavera-verão 2015. O look é descontraído e moderno, mas pode ser usado tranquilamente em produções elegantes. Mas antes de sair para uma festa com cabelo molhado de verdade, confira as dicas que nós separamos.

Efeito cabelo molhado: como aderir a esta tendência?

Como é a tendência mesmo?
Para dar a aparência de cabelo umedecido não basta molhá-lo, até por que isso poderia estragar a durabilidade do penteado. A ideia geralmente é passada através da aplicação de gel ou laquê nos cabelos, fazendo com que eles fiquem arrumados e brilhosos.

Combinam com este visual todos os tipos de roupa e maquiagem, desde os mais simples até os mais elaborados. Mas vale ressaltar: se quiser que o efeito molhado nos cabelos dê uma imagem mais polida à produção, prefira looks mais ousados.

E como fazer?

Existem algumas maneiras de utilizar esta tendência:

Cabelo preso e com topete – o rabo de cavalo com volume na parte da frente já faz parte dos penteados para o verão. Aplique o gel apenas no topete para manter o efeito refrescante;

Cabelo curto – é o corte mais beneficiado pelo “cabelo molhado fake”. Geralmente, usa-se o cabelo repartido, bem marcado e penteado para trás, com uma camada generosa de gel para finalizar o look;

Cabelo longo e solto – as mulheres que tem cabelos longos devem lembrar de aplicar o gel somente na parte da frente da raiz, para manter a leveza das madeixas. Neste caso, penteado para trás ou partido ao meio são as melhores opções.

Efeito cabelo molhado: como aderir a esta tendência?

O que achou dessa trend? Conte para nós nos comentários!

 

Como organizar seu guarda-roupa a cada estação?

Se existe um item complexo, este é o guarda-roupa feminino. Uma das melhores maneiras de desvendar os mistérios deste verdadeiro universo (que compete facilmente com Nárnia) é organizá-lo de acordo com as roupas que utilizará na estação – já que nada atrapalha mais a rotina do que aquele casacão de inverno que cai do armário toda vez que você vai procurar um vestido primaveril.

Primeiramente, pratique o desapego e livre-se do excesso de roupas: analise quais peças de roupa você não usa há pelo menos seis meses e deixe-as partir, acredite, será melhor assim. O mesmo deve ser feito com calçados e acessórios. A partir de então, a organização pode ser iniciada: organize primeiramente os calçados, que devem seguir a ordem que melhor convir no seu dia a dia, prezando sempre pela praticidade.

Como organizar seu guarda-roupa a cada estação?

Depois dos calçados, é hora de classificar e guardar os acessórios. Deixe mais à mão aqueles que você usa mais – e não esqueça de armazenar propriamente as peças mais delicadas. Uma boa dica para quem não quer ocupar ainda mais espaço com porta bijuterias ou caixas com divisórias é aproveitar o próprio cabide do armário para pendurar cintos, gargantilhas, colares e pulseiras, por exemplo.

Como organizar seu guarda-roupa a cada estação?

Agora o mais importante: guarde as roupas de outras estações nas gavetas ou compartimentos de difícil acesso, deixando à vista apenas as peças que realmente serão usadas no seu dia a dia. Outra dica legal é separar uma gaveta somente para a roupa íntima, o que facilita bastante a vida.

Como organizar seu guarda-roupa a cada estação?

Gostou das dicas? Compartilhe!

Três tendências que vão bombar no inverno 2015

Se você mora em um lugar quente, onde a primavera já parece verão, pode ser um pouco complicado pensar no próximo inverno com tanta antecedência. Mas a estação mais fria do ano já tem algumas tendências que você precisa conhecer para se preparar. Vamos lá!

Três tendências que vão bombar no inverno 2015

Conjuntinhos

Clássicos do vestuário feminino, os conjuntinhos voltam com tudo no inverno 2015 para mostrar que a praticidade também é fundamental no mundo da moda. Dessa vez, os tecidos estampados serão os queridinhos, e quanto mais cores e texturas melhor. Quanto ao modelo, impera o “manga longa + saia drapeada”.

Três tendências que vão bombar no inverno 2015

Macacão

Uma das maiores facilidades do macacão, além de ser uma peça só, é que ele pode ser usado em várias estações. No inverno, predominarão cores neutras como burgundy, cinza e azul marinho – sempre acompanhado de cardigã, echarpe e outros acessórios da estação.

Três tendências que vão bombar no inverno 2015

Plumas

Seja na balada ou em um evento mais sério, as plumas vão fazer a cabeça da mulherada no inverno 2015. Elas vêm acompanhadas de tecidos como seda, por exemplo – além das transparências que, quando trabalhadas em conjunto com o material, garantem sensualidade e ousadia na medida certa.

Três tendências que vão bombar no inverno 2015

Você já tem uma tendência favorita? Conte para nós nos comentários!